relojes web gratis

Histórico:

- 01/01/2011 a 31/01/2011
- 01/12/2010 a 31/12/2010
- 01/11/2010 a 30/11/2010
- 01/10/2009 a 31/10/2009
- 01/09/2009 a 30/09/2009
- 01/07/2009 a 31/07/2009
- 01/06/2009 a 30/06/2009

Outros sites:

- Curta na cozinha
- BOL - E-mail grátis
- UOL - O melhor conteúdo

Votação:

- Dê uma nota para meu blog

Indique esse Blog


Contador:



eXTReMe Tracker

Templates LaLi





As estações mais quentes causam mudanças no comportamento das pessoas. A busca pela melhora da forma física e a alteração nos hábitos alimentares são comuns nesta época do ano, com a chegada do verão. Neste calor, não podemos descuidar da alimentação, que requer cuidados essenciais para nos sentirmos mais dispostos, mantendo a forma com saúde. Algumas pessoas podem se sentir mais indispostas para comer, no verão, devido à própria temperatura. Segundo a nutricionista Angélica de Oliveira, integrante da Tônus - Fisioterapia Preventiva e Reabilitação, essa indisposição pode vir também por alimentação inadequada, que seria ficar sem se alimentar por muitas horas, pular o café da manhã, ingerir alimentos pesados e gordurosos e esquecer de se hidratar durante todo o dia.
No inverno há a necessidade de ingerir alimentos mais energéticos para manter a temperatura corporal. Já no verão, o corpo pede um consumo maior de líquidos para compensar as perdas de água e sais minerais decorrentes da transpiração. Por isso é preciso fazer algumas adaptações em nossos hábitos alimentares. Segundo a nutricionista, no verão ocorre uma diminuição do metabolismo basal, por isso a quantidade calórica ingerida deve ser reduzida, para não corrermos risco de ganhar peso nessa época do ano. Com o aumento da temperatura, nosso organismo perde mais água e sais minerais através do suor, então se torna mais importante o cuidado com a hidratação. "A ingestão de líquidos deve ser freqüente durante todo o dia. O ideal seria não esperar que a sede apareça, já que essa sensação é um sinal de desidratação", alerta a Angélica. A nutricionista recomenda ainda um cuidado maior no verão com a hidratação das crianças e idosos. "Deve-se oferecer água em pequenos volumes, fresca, em uma temperatura agradável, mesmo que a criança não peça. Pelo menos uns 4 copos de água por dia. E tente fazer com que ela consuma sucos naturais no lugar de refrigerantes", explica Angélica. Segundo ela, para nos hidratarmos bem, as melhores fontes, são a água, os sucos naturais de frutas e vegetais, os chás e a água de coco é uma ótima opção.


Dicas de alimentação no Verão


- Alimentos indicados: frutas, verduras, legumes, folhas verdes, cereais integrais, pães integrais, carnes magras, queijos menos gordurosos, sobremesas à base de frutas e muitos líquidos. Faça refeições mais leves

- Alimentos a serem evitados: alimentos gordurosos (carnes gordas, queijos gordurosos, molhos à base de creme de leite, maionese). Evitar frituras e maneirar na bebidas alcoólicas. Pois no verão nosso organismo fica mais sensível aos condimentos fortes e às gorduras, podendo causar desconforto e mal estar.

- Fracione as refeições diárias (coma mais vezes, em menor quantidade).

- Se for comer um sanduíche, escolha os que são feitos com carnes magras, como um peito de peru, frango e queijos magros( ricota, cottage). As carnes magras possibilitam uma digestão melhor, evitando o desconforto intestinal.

- Ingestão de líquidos devem ser freqüente (água, sucos naturais, chás e água de coco).

- Prefira os sorvetes ou picolés à base de água e polpa de frutas, pois são os menos calóricos.

- Cuidado com os alimentos feitos com leite, gordura e ovos na sua preparação. Necessitam de refrigeração adequada, pois o calor aumenta a proliferação de bactérias que podem causar intoxicação alimentar.

- Evitar alimentar em locais que não apresentam boas condições de higiene.

- Seja criterioso ao escolher locais para consumir frutos do mar e pescados.Procure saber a procedência dos alimentos.

- Não consumir de forma alguma alimentos perecíveis que ficam expostos à temperatura ambiente.



- Postado por: ©urtadozóio às 20h02
[ ] [ envie esta mensagem ]





Entregue-se ao prazer de ter uma cozinha bem montada

Listas facilitam nossa vida e aqui oferecemos uma de utensílios de cozinha. Existe um número inimaginável de itens que podem compor sua cozinha.
Por mais que achemos que já temos tudo, certamente algum item pode ser acrescentado.
Você vai perceber quando for fazer uma receita e notar a falta de um determinado utensílio. Ele que iria fazer uma grande diferença, na elaboração daquele prato.

Sua cozinha é um laboratório

Imagine que sua cozinha é um laboratório, no qual você faz suas experimentações diárias para descobrir novos pratos e surpreender a todos. Com as ferramentas certas, essa tarefa ficará mais fácil e prazerosa.

Economize tempo

E também a economia de tempo será muito grande, pois esses utensílios tornam a tarefa menos complicada e o que levaria mais horas, pode ser feito em minutos.
Hoje fazemos tantas coisas que o que puder ser feito com mais rapidez é sempre bem vindo.
Para você não ficar perdida, colocamos aqui uma lista, que vai facilitar. Dê uma olhada. Tique os itens que  você já tem e aproveite para ver quais serão os próximos que farão parte da sua lista de desejos. Satisfazê-los é sempre muito gostoso, então se entregue a esse prazer.

Veja a lista

Imprima esta lista para ver o que é indispensável para se montar uma cozinha. Se você já tem alguns utensílios, use-a apenas para saber o que está faltando para você poder ser um cozinheiro.

Ela também serve para você fazer a lista de presentes para chá de cozinha. As peças que forem mais caras podem ser colocadas na relação de presentes de casamento.

1 - Aparelhos indispensáveis para se ter uma cozinha

• Fogão
• Geladeira
• Coifa

2 - Eletro portáteis

• Uma batedeira de bolo
• Um liquidificador para cozinha
• Um filtro de água


3 - Utensílios de teflon, inox, alumínio

• Um jogo de panelas de ótima qualidade, de preferência de inox. Vem com
• Uma frigideira sem tampa 20 cm
• Uma caçarola com tampa 16 cm
• Uma caçarola funda com tampa 20 cm
• Uma caçarola rasa com tampa 24 cm
• Uma cozi-vapore 20 cm
• Panela de pressão de 5 litros, da melhor marca que tiver no mercado
• Frigideira pequena de teflon
• Grelha de ferro para bifes
• Caneca guardadora de óleo usado com filtro
• Uma chaleira com apito
• Uma leiteira de inox ou aço esmaltado ou de plástico
• Uma forma de banho-maria para pudim. (média)
• Uma forma de bolo com furo no meio (média)
• Assadeiras retangulares (pequena, média e grande)
• Formas com aro removível média
• Latas para mantimento


4 - Utensílios de plástico

• Um escorredor de arroz
• Bacias para lavar verdura
• Um secador de salada
• 2 jogos de tigelas plásticas com três tamanhos e cores diferentes.  Sendo, uma para fazer coisas com tempero, outra para frutas e outra para massas e doces.
• Potes plásticos de vários tamanhos e profundidade com tampa
• Uma lata de lixo grande


5 - Utensílios para pia

• Porta sal (saleiro)
• Porta papel
• Porta fósforos
• Porta sabão de pia, e esponja
• Porta detergente
• Rodo para pia
• Escorredor de louça
• Lixeira pequena para colocar sobre a pia
• Plástico protetor de pia, para não lascar a louça
• Panos de pia

6 - Miudezas

• Ralador triangular de inox para cebola, queijo, e fatias finas.
• Descascador de legumes
• Abridores de garrafas, de lata, e saca-rolha
• Pincel
• Colheres de pau
• Escumadeira
• Espátula
• Concha
• Pão duro pequeno e médio
• Garfão (garfo longo)
• Jogo de facas para cozinha (dois tamanhos)
• Batedor de carne
• Três tábuas, sendo uma para carne, outra para legumes, e a terceira para frutas.
• Três tamanhos de peneiras, e também com espessuras variadas de trama
• Luva térmica
• Caneca com as medidas dos ingredientes impressas (caneca e jarra medidora)
• Colheres medidoras

Cozinha - Utensílios a serem comprados em um segundo momento

• Mais algumas panelas dos tamanhos que você sentir necessidade
• Balança de cozinha
• Uma espagueteira
• Um cuscuzeiro
• Um cortador de pastel
• Rolo de abrir massa
• Cortadores de vários formatos
• Cortador de pizza
• Um caldeirão
• Formas de vários tamanhos
• Formas para fazer salgadinhos
• Uma tesoura trinchante de frango
• Um descaroçador de azeitonas
• Um descaroçador de maça
• Um foie
• Um ralador e fatiador de legumes
• Um cortador de ovos cozidos
• Um boleador
• Porta condimentos
• Um forninho elétrico
• Uma faca elétrica
• Um microondas
• Um processador de alimentos
• Um espremedor de fruta elétrico

Copa essencial

• Açucareiro
• Manteigueira
• Garrafa térmica (uma preta e uma branca)
• Uma cesta para pão
• Suportes de travessa e panela (madeira ou inox)
• Um pegador de macarrão
• Um pegador de salada
• Jarra para água e suco
• Porta guardanapos
• Um vidro pequeno para o vinagre
• Um pote bem pequeno para o sal
• Uma bandeja pequena e uma grande
• Prato para rocambole ou bolo inglês
• Toalhas de mes

 Copa - Utensílios a serem comprados em um segundo momento

• Porta adoçante
• galheteiro (conjunto de peças para levar temperos à mesa)
• Mais um liquidificador
• Um funil
• Um saco de confeiteiro
• Um quebra - nozes
• Um cortador de queijo
• Uma concha para sorvete
• Uma queijeira com tampa
• Um porta queijo ralado
• Um porta mel
• Prato para pudim
• Uma molheira
• Porta frios
• Pegador de frios

7 - Louça para a cozinha e outras miudezas

• Prato raso
• Uma dúzia de copos de água inquebráveis
• Vasilhas pequenas de vidro ou potes de sobremesa
• Prato de sobremesa
• Faqueiro simples, mas completo para cozinha
• Refratários pirex de vários tamanhos e formas
• Cuba para banho-maria
• Descanso para panelas
• Suporte de filtro para café
• Porta rolo de papel filme, papel alumínio, papel toalha
• Porta talheres, um para a copa e outro para a cozinha
• Pegador de panela
• Panos de copa e cozinha
• Lixeira de pé
• Tesoura de cozinha (para abrir embalagens e corte diversos)

Com esta lista em mãos vá vendo e ticando o que você já possui e o restante vá adquirindo aos poucos. Se quiser saber para o que serve cada utensilio de cozinha vá aos artigos: Os Eletrodomésticos Indispensáveis na cozinha, Depois veja: Utensílios de inox, teflon ou metal esmaltado em seguida analise: Utensílios de Cozinha - plásticos, louças, travessas e ainda: Miudezas e Eletroportáteis básicos de cozinha. Terminando a cozinha passe para os utensílios de copa. Veja se você tem tudo direitinho.



- Postado por: ©urtadozóio às 15h36
[ ] [ envie esta mensagem ]





Li e repasso para vocês...

Dicas da Sadia...

O cronograma para quem vai receber 


Quem recebe as pessoas em casa durante as comemorações de fim de ano pode curtir a festa como se fosse a convidada. Basta fazer as principais tarefas com antecedência, deixando apenas o toque final para o último dia. E para que não escape nenhum detalhe, elabore um roteiro detalhado.


30 dias antes

- Faça uma faxina caprichada na casa.
- Em seguida, comece a decoração: monte a árvore de Natal, prepare os arranjos. Faça isso com antecedência, pois se você precisar comprar enfeites, as lojas ainda oferecerão diversas opções.
- Separe os utensílios como toalhas de mesa, guardanapos, pratos, talheres, copos, bandejas e baldes de gelo.
- Se for necessário, providencie o aluguel daquelas peças que você não tem em lojas especializadas.


15 dias antes

- Sabendo o número certo de convidados, prepare o cardápio. Caso cada um leve um prato, combine quem levará o quê.
- Se entre os pratos que você pretende servir houver receitas que possam ser congeladas, comece a prepará-las.
- Frutas secas e castanhas já podem ser compradas.


10 dias antes

- Faça a lista de compras, confira várias vezes para não se esquecer de nada, e vá ao supermercado. E nada de ir às compras na véspera!
- Verifique as bebidas: vinho, cerveja, uísque, vodca, champanhe, licores, sucos, refrigerantes (comuns e light), água (natural e gasosa). Calcule a quantidade de acordo com o hábito de seus convidados.

1 semana antes

- Lave pratos, copos, talheres, toalhas de mesa e outros utensílios que serão usados.

2 dias antes

- Tempere as carnes que necessitam de preparo antecipado. Algumas devem ficar mais de 24 horas na marinada, por exemplo.
- Patês e musses podem ser preparados com antecedência e bem guardados na geladeira.
- Separe baldes de gelo e recipientes para os aperitivos.
- Se você usa gás de botijão, verifique se ele está cheio. Lembre-se que alguns assados precisam ficar muito tempo no forno.

1 dia antes

Pela manhã:
- Compre gelo, verduras, frutas, flores, chocolates e biscoitinhos.
- Deixe os ingredientes básicos picados, como cebola, ervas, pimentões e alhos, para adiantar o trabalho do dia seguinte.
- Frutas e verduras podem ser lavadas e guardadas na geladeira. 
- Passe a toalha de mesa.
- Coloque as bebidas na geladeira.
- Coloque os pratos, copos e talheres no aparador.
- Verifique se está tudo em ordem no lavabo e providencie toalhas de mão, sabonete e papel higiênico extras.

À tarde:
- Agora, já é possível preparar molhos de massas e sobremesas.

No grande dia:

Pela manhã:
- Coloque as carnes para assar, mas deixe-as para fatiar apenas na hora de servir, pois podem ressecar.
- Monte as saladas, cubra com filme plástico e leve-as à geladeira.
- Prepare a farofa e o arroz, e deixe para aquecê-los antes de servir.

Uma hora antes:
- Coloque as bebidas no balde de gelo e deixe-o sob o aparador.
- Distribua pela sala as travessas com os aperitivos, como salgadinhos, frutas secas e castanhas.
- Coloque as carnes no forno para aquecê-las e evitar que ressequem.
- Finalize os pratos.



- Postado por: ©urtadozóio às 16h05
[ ] [ envie esta mensagem ]





Dicas para a Ceia de Natal

Os alimentos usados na ceia de Natal, (ou no almoço, se este é comemorado dia 25), sofrem alterações consoante ao país, ou até mesmo a tradição passada ao longo de várias gerações de uma família. No entanto, para quem segue o critério mais tradicional, alguns pratos e ingredientes que simbolizam a ocasião, não devem faltar. Entretanto, toda e qualquer inovação criativa é permitida, desde que se mantenha o espírito natalino, e que ao preparar esta ocasião, cada gesto esteja repleto de sentimentos generosos, e impregnado do significado do momento. A sala já foi decorada com os símbolos tradicionais, dando ao ambiente uma aura de confraternização, paz e harmonia, envolvida na boa energia que se intensifica nesta ocasião. Chegou a hora de preparar a mesa, fazendo dela um convite ao paladar, onde se deve primar pelo visual colorido e convidativo, tomando cuidado com qualquer tipo de exagero.

A toalha

° Esta pode ser colorida, com motivos de Natal.
° Cubra a mesa com uma toalha vermelha, usando guardanapos da mesma cor, brancos ou verdes.
° Pode optar por uma toalha verde, e usar enfeites ou jogos de pratos com detalhes em verde, vermelho ou dourado.
° Use uma toalha branca com detalhes dourados, e depois quebre o branco com arranjos ou jogos de pratos coloridos.
° O ideal é que os tons da mesa combinem como resto da decoração ou da árvore de Natal.

O jogo de pratos

° Pratos brancos são os mais versáteis, podendo combinar com qualquer que tenha sido a toalha escolhida. Os oitavados, de porcelana branca lisa, ficam muito bem).
° Se você tiver um aparelho de jantar com detalhes dourados, coloque-o apenas se quiser dar à mesa um ar sofisticado, e nesse caso, copos e talheres devem também ter algum detalhe dourado.
° É preciso tomar cuidado com pratos coloridos, para que as cores não sobrecarreguem a decoração. Evite tons pasteis. O verde e vermelho vivos são as cores mais indicadas.
° Você pode usar suplats desde que estes combinem como resto da decoração.

Os copos

° Use de preferência taças, pois a ocasião merece este detalhe de requinte, mesmo que a refeição seja envolvida num clima de descontração. Estas devem ser de vidro incolor, ou se permitirem a detalhes dourados. Taças em degradé sépia também são apropriadas, desde que os pratos sejam brancos ou com detalhes dourados.

Os talheres

° Nada contra talheres dourados, aliás, tudo a favor, desde que o estilo dos pratos os acompanhem. No caso de toalha branca com detalhes dourados, este tipo de talher é o mais indicado.
° Se a mesa não tem dourado, ou se esta cor se restringe aos arranjos, talheres de inox ou de prata se tornam a melhor opção.

Os guardanapos

° Use sempre guardanapos de pano.
° Se a toalha for branca com detalhes dourados, os guardanapos devem ser brancos, (no máximo com detalhes dourados), ou sépia, no caso dos copos acompanharem este tom, em degrade.
° Se a toalha for totalmente branca, você poderá optar por guardanapos brancos, vermelhos ou verdes, desde que combinem com o resto dos tensílios.
° Se a toalha for vermelha ou verde, use guardanapos da mesma cor, ou faça uma composição de contrastes.
° Se a toalha for colorida, com motivos de Natal, escolha guardanapos com os mesmos motivos, brancos, vermelhos ou verdes, desde que a cor
destes faça parte dos desenhos.

Os arranjos

° Você pode fazer os arranjos, ou comprá-los prontos, próprios para esta ocasião, com pinhas, galhos de pinheiro e bolas. Ele deve ser baixo, para não atrapalhar a visão dos convidados.
° Se a mesa for comprida, coloque dois ou três arranjos de tamanho médio, em distâncias equivalentes.
° Um arranjo de flores vermelhas, (língua de vaca ou antúrios vermelhos), também se encaixa perfeitamente.

As velas

° Um ou dois castiçais, (dependendo do tamanho e formato da mesa), com velas compridas, numa cor que combine como resto da decoração, são
permitidos.
° Para que a comunicação dos convidados não sofra interferências no campo de visão, o ideal são velas grossas e baixas, ou recipientes de vidro transparente, com água e pequenas velas em formato de estrela, boiando.

 Obs: As dicas aqui fornecidas servem apenas para orientá-la(o), pois o gosto de cada um é pessoal, e a criatividade não tem limites.

Os alimentos

° Reserve duas mesas para o buffet, uma maior para as comidas, e uma menor para as bebidas.
° Não coloque flores na mesa do buffet, em vez disso, você pode optar por velas, sejam elas em castiçais ou em arranjos baixos.

Na mesa maior arrume da seguinte forma, (da esquerda para a direita)...

° Pratos grandes
° Terrinas para o consume ou coquetel (dependendo da entrada, ela já deve vir arrumada em prato individual).
° Pratos de sobremesa.Os pratos para a entrada já devem estar na mesa,sobre o do prato principal.
° Saladas, entradas, ou consumê

Obs: Os pratos quentes (com os respectivos acompanhamentos), devem ser colocados (de preferência em rechauds ou bandejas térmicas, para que os
alimentos não esfriem), devem ser colocados ao término da salada ou entrada.
Na mesa menor coloque as garrafas, jarras com suco e água, baldes com gelo para os vinhos e champagne.

Ao término da refeição...

° Substitua as bebidas anteriores por licores e conhaque, ou continue com o champagne.
° Coloque garrafas térmicas ou bules com café
° Substitua os copos anteriores por cálices para licor e para conhaque
° Coloque pires e xícaras de café (o conjunto já deve estar arrumado)
° Coloque colheres para mexer o café
° Coloque os açúcares, adoçantes e cremes

Se você dispuser apenas de uma mesa auxiliar, siga a mesma ordem, começando pela da mesa menor.
° Espalhe pelas mesas de centro, (e/ou laterais), tacinhas com frutas secas.
° Enquanto aguarda a chegada de todos, pode servir um drink que será acompanhado pelas frutas secas, (não sirva canapés, para que o apetite não seja comprometido).

Servindo...

Entrada

° Saladas de folhas verdes (estas são sempre bem vindas, pois são ricas em fibras, água e vitaminas ,nutrientes que irão forrar o estômago e inibir a absorção de gordura)

° Terrines


° Coquetéis

----

Prato principal
(peixe)

Escolha uma das opções abaixo:
° Um prato que tenha o bacalhau como ingrediente principal (mas verifique antes se todos comem este tipo de peixe).
° Um peixe assado, acompanhado de batatas também assadas, ou de arroz de passas, (que servirá também para acompanhar as carnes).
° Um guisado de peixe ou frutos do mar, (neste caso, o ideal é acompanhar com arroz branco).
° Peixe ou frutos do mar gratinados.

Prato principal

Carne: Peru, pernil ou tender, são alimentos quase que obrigatórios para esta ocasião.

Acompanhamentos

Se não quiser servir todos os acompanhamentos aqui sugeridos, escolha pelo menos dois.
° Farofa, (use a tradicional, ou dê-lhe um toque pessoal).
° Salada de maionese.
° Arroz branco.
° Arroz de passas, ou com ervas, (dependendo do prato principal).
° Batatas assadas, gratinadas, batata sauté, ou ainda batata palha.

Sobremesa

Você deve oferecer dois tipos de sobremesa, além das frutas naturais,como ameixa, pêssego, uva, melão, (que no caso já deve estar cortado, apenas conservando a casca).
° Rabanadas são típicas desta ocasião.
° Mousses.
° Tortas.
° Sorvetes com calda, (no caso ofereça dois tipos de calda).
° Pavês.

Bebidas

° Você pode acompanhar toda a refeição com o mesmo champagne, começando pelo mais suave, terminando com o mais encorpado, apenas tomando cuidado na hora de servir a sobremesa, pois nem todas se adequam a este.
° Refrigerantes ou suco natural de frutas, é uma opção para quem não toma bebidas alcoólicas.
° A água sempre deve estar presente.



- Postado por: ©urtadozóio às 15h28
[ ] [ envie esta mensagem ]





Dica para o seu arroz:

1. Lave o arroz e refogue. Coloque água fervente e deixe ferver por cinco minutos. Desligue o fogo, enrole a panela com folhas de jornal e em seguida amarre com uma toalha. Deixe a panela assim durante quinze minutos. Ao abrir, o arroz estará cozido e quente.

2. Se você esquecer de colocar sal no arroz e ele já estiver cozido, misture a quantidade de sal para aguela porção em um copo de água e jogue por cima do arroz. Leve a panela de volta ao fogo até secar.

3. Para saber se a água do arroz que está cozinhando já secou, basta apagar o fogo, molhar o dedo e bater no lado de fora da panela, como se faz com o ferro de passar roupa. Se a panela estalar, significa que a água já secou, se não estalar, o arroz ainda tem água.

4. Você pode preparar uma porção de arroz para vários dias, refogando-o com bastante óleo, alho amassado e sal, até soltar da panela. Depois, guarde o arroz na geladeira num recipiente de plástico ou de vidro tampado. Retire da geladeira só a quantidade que você vai usar e cozinhe normalmente.

5. Depois que o arroz estiver pronto, faça um furo com um garfo e coloque dentro uma colher de sopa de vinagre. Abaixe o fogo e deixe cozinhar por mais dois minutos. O arroz ficará mais soltinho.

6. Coloque o arroz amanhecido numa panela com um pouco de água, mexa, tampe e leve ao fogo baixo. Depois de alguns minutos ele ficará soltinho e saboroso como o arroz feito no dia.

7. Se o arroz queimar, cologue imediatamente a panela ainda quente e com vapor dentro de um recipiente com água fria. Após alguns minutos o cheiro de queimado desaparecerá. Tire o arroz da panela sem raspar o fundo que queimou.

8. Para um rápido cozimento, faça o arroz na panela de pressão. Quando a panela começar a chiar, deixe no fogo por dois minutos. Espere esfriar um pouco para abrir.

9. Se você pôs muito óleo para refogar o arroz, coloque a água para cozinhar junto com algumas folhas de alface por cima. As folhas de alface absorverão o excesso de óleo.

10. Para esquentar o arroz já cozido, basta colocá-lo num escorredor de macarrão e levar ao fogo dentro de uma panela com três ou quatro dedos de água. Deixe a água da panela ferver durante alguns minutos para que o arroz fique quente e soltinho.

11. Você pode também colocar a panela de arroz queimado, destampada, em cima de uma toalha molhada. O cheiro e o gosto de queimado desaparecerão.

12. Para desgrudar restos de arroz do fundo da panela, coloque um pouco de água e vinagre e deixe ferver. O arroz sairá facilmente.

13. Para tirar o excesso de umidade do arroz guardado em lata, é só colocar uma fatia de pão seco dentro. O pão deixa o arroz seco e soltinho.

14. O cheiro e o gosto de queimado sairão facilmente se você enfiar no arroz uma cebola cortada ao meio.

15. Para tirar o cheiro do arroz queimado, basta colocar algumas fatias de pão de fôrma por cima e tampar a panela por alguns minutos.

16. Você pode tirar o gosto do arroz queimado se puser um pouco do arroz da panela em cima da pia e em seguida colocar a panela do arroz em cima do arroz tirado. Deixando assim por cinco minutos, o gosto de queimado sairá facilmente.

17. Você pode dar um sabor muito especial ao risoto se colocar um pouco de cravo-da-índia no tempero.

18. Cozinhe o arroz sempre com a panela tampada. Assim ele não perde nem o sabor nem a consistência.



- Postado por: ©urtadozóio às 11h44
[ ] [ envie esta mensagem ]





Para Começar a Cozinhar

1- Leia toda a receita antes de iniciar o preparo. Preste atenção nos ingredientes, veja se você tem tudo em casa, se não está confundindo nada (trocando farinha de rosca por farinha de trigo, por exemplo) e se realmente entendeu as quantidades descritas. Recomendo que você leia o post ”Equivalência de Pesos e Medidas” e recorra a ele sempre que tiver alguma dúvida sobre quantidades.

2- Lave as mãos (direito, igual você aprendeu a lavar na época da Gripe A), prenda seus cabelos se forem grandes e vista seu aventalzinho. Bom, o cabelo você já sabe por que tem que prender. Ele não é bem-vindo na comida e pode te atrapalhar na hora de cozinhar. Já o avental, é uma medida preventiva para não se sujar e também para não sujar a comida!

3- Separe todos os ingredientes e os utensílios que vai precisar antes de começar. Assim, você consegue se organizar melhor e não deixa a comida queimando no fogo enquanto precisa preparar o outro ingrediente, por exemplo.

Precauções na Cozinha

Cozinhar é muito gostoso mas o fogo e os objetos afiados, que estão sempre por perto, exigem atenção redobrada!

- Use luvas de cozinha para pegar travessas e formas quentes. Se ainda não tiver umas luvas dessas, que são térmicas e próprias para pegar coisas quentes, use um pano de prato ou toalha de mão bem dobrado (nunca molhado) para cada mão. Isso exige um pouco mais de habilidade, então recomendo que compre suas luvas de uma vez.

- Não coloque recipientes quentes diretamente sobre a pia e a mesa. Forre o local com descansos de panela à prova de calor.

- Evite jogar água fervendo na pia se tiver louças ali dentro. Muitas delas não resistem ao forte calor e, principalmente, o choque térmico causado com a água fria da torneira, que você poderá abrir em seguida. Já vi copos de vidro estourando sozinhos como se fosse mágica.

- Quando estiver mexendo ingredientes na panela, segure firme no cabo ou na alça para mantê-la estável.

- Quando a panela estiver sobre o fogo, vire o cabo ou as alças para o lado, para que você não esbarre neles. Mantenha-os também afastados da chama (essas medidas também evitam acidentes com o seu priminho pequeno que fica correndo pela cozinha).

- Nunca use sua mão como apoio para cortar alimentos e preste sempre atenção se não tem nenhum dedo na direção da faca.

Higiene na Cozinha

Ela só perde para a segurança e é super importante. Se você acha um porre ter que ficar lavando coisas, pense bem: se fosse outra pessoa cozinhando para você, com certeza gostaria que seguisse essas regras!

- Lave sempre as mãos antes de começar o preparo e depois de mexer com carne crua (carne aqui inclui frango, peixe etc).

- Se tiver unhas grandes, esfregue uma escovinha antes de começar o preparo (leve isso para seu dia-a-dia, ok? Aproveite para não levá-las à boca!). Você não faz idéia do que tem por baixo delas.

- Lave todas as verduras e frutas que for usar.

- Mantenha a área sempre limpa usando um pano (limpo!) ou papel-toalha.

- Use tábuas diferentes para cortar carnes e vegetais.

- Armazene ingredientes cozidos e crus separadamente.

- Verifique sempre a data de validade dos produtos. Jogue fora o que já estiver vencido.

- Prenda o cabelo se ele for grande.

Esses cuidados são bem fáceis de tomar, se você for pensar. Não precisa ficar tenso, achando que cozinhar é um bicho de 7 cabeças. Você precisa só se concentrar no que está fazendo!

Mais algumas dicas
 
Sobre ovos

Nunca ofereçam ovos crus para crianças e idosos. O consumo de ovos crus é proibido por causa do alto risco de contaminação por salmonela. Tem épocas que esse risco aumenta, como aconteceu uns meses atrás. Vi todos os jornais falando sobre isso.
Na hora de comprar um ovo, é bom abrir a caixinha e levantar um por um, para saber se estão soltinhos e intactos. Quando eles racham e vazam, ficam agarrados na embalagem. Procure comprar ovos médios, sempre frescos (veja a data que foi embalado) e de procedência conhecida.
Quando chegar em casa, lave-os. É sempre bom! Já pensou que a galinha tem uma cloaca? É por ali que acontece tudo! Cocô, ovo… Eca, eu acho nojento! Apesar de hoje em dia encontrarmos ovos limpinhos na embalagem, eu insisto em manter esse hábito.Pesquisei sobre “poder lavar ovos” e também vi que não-po-de! Detalhe: lavar os ovos aumenta o risco de contaminação por salmonela! Na hora de abrir, desconfie daqueles que já estão com a gema desmanchada… Tem grandes chances de estarem estragados! Aliás, tem um bom teste para verificar a qualidade do ovo: pegue uma vasilha funda e encha de água. Mergulhe os ovos e observe se vão afundar. Se algum ovo boiar, é porque está estragado!

Mais uma dica: abra os ovos um por um em um recipiente e vá adicionando um de cada vez na sua receita. Esse cuidado evita que você perca os 4
ovos que já abriu antes daquele 5º ovo – que veio podre!

Como tirar uma mancha de caneta

Esta dica não é bem de cozinha, é de lavanderia!
Quer remover as manchas de caneta das suas roupas? Tenho a receita ideal para você, e o ingrediente vem da cozinha!
Quando sujar sua roupa com uma caneta, derrame sobre a mancha um pouquinho de leite e esfregue! Você vai ver que a tinta vai saindo… Só lave com água e sabão depois de esfregar com o leite, senão não funciona…

Purê de batatas requentado

Quando for requentar um purê de batatas, adicione um pouco de leite e misture bem! Assim ele fica cremoso novamente!

Omelete fofinho

Para um omelete fofinho e macio, adicione leite e fermento à clara e bata tudo junto. Para cada ovo, use 1 colher de leite e uma colherzinha de fermento em pó!

Não chore, use o fósforo

Para não chorar enquanto corta a cebola, segure um palito de fórforo com os lábios, deixando a cabeça do fósforo para fora.

Dica para Batata Frita

Antes de tirar as batatas do fogo, adicione duas rodelas de cebola. Elas vão dar um sabor especial!

Como tirar o cheiro de alho das mãos

Esfregue pó de café nas mãos, ele tira o cheiro do alho, da cebola… Tem gente que lava as mãos com vinagre, dizem que também funciona.

Comendo Melhor a Alface

“Alface é o ‘arroz com feijão’ diário dos ‘naturebas’ e das pessoas que fazem dieta. O que pouca gente sabe é que esta mania que muitos têm de cortar as folhas de alface com a faca, faz com que elas percam muito do seu valor nutritivo.



- Postado por: ©urtadozóio às 15h29
[ ] [ envie esta mensagem ]





Conhecer o leque de temperos naturais é uma garantia de renovação do sabor dos pratos. Dependendo de suas cores, aromas e grupos, os alimentos pedem diferentes tipos de temperos. Confira as orientações da publicação do Sesc/RS Receitas do Mesa Brasil.

Alecrim: tem qualidades aromáticas e medicinais. Por ter sabor forte, marcante e levemente amargo, é indicado como tempero de uma infinidade de pratos culinários.

Aipo marrom: também chamado de sal de aipo, aromatiza o sal. Usado em pratos com ovos, aves, sucos de tomate, saladas de batata, atum e cozidos.

Alho-poró: hortaliça com sabor muito semelhante ao da cebola. Utiliza-se tanto o bulbo (parte mais branca) quanto as folhas. É empregado em sopas, saladas e ensopados.

Cheiro verde: mistura da salsa com a cebolinha. Com uma pitada de louro, é utilizada para realçar o sabor de patês, molhos e cozidos.

Chili: planta da família do pimentão. Seu sabor é picante e o fruto costuma ser usado inteiro, moído ou seco. Tradicional da culinária mexicana, é muito usado em carnes.

Curry: de sabor exótico, é um dos temperos mais antigos do mundo. Mistura de várias ervas e especiarias, entre elas, curcuma, gengibre, coentro, cominho, canela, é usada em receitas com ovos, sopas, peixes, carnes e aves.

Manjerona: além de muito aromática, tem inúmeras propriedades medicinais. Pode substituir o orégano por ter aroma semelhante, embora mais requintado. É utilizado em carnes como as de porco e carneiro, queijos, ovos, aves, peixes ensopados e pizzas.

Noz-moscada: originária da Indonésia, sue sabor lembra uma mistura de canela com pimenta-do-reino. Utilizada tanto para salgados quanto para doces, pode ser encontrada em pó ou inteira para ser ralada. Deixa um sabor diferente em recheios de massas, em carnes e até em coquetéis.

Orégano: originário da Grécia, tem aroma forte e penetrante. Condimento indispensável em pizzas, molhos e outros pratos. Pode ser consumido fresco ou seco.

Pimenta branca: extraída da pimenta-do-reino. Tem sabor mais suave que a preta e é utilizada em pratos mais claros como molho branco, carnes brancas, peixes, sopas claras e maionese.

Sálvia: originária do sul da Europa. É uma erva usada na culinária como condimento para galeto, carne de carneiro, porco, queijos, tomates, recheios e pratos da cozinha italiana.

Vinagrete: mistura de vinagre, água, óleo, cebola, tomate e pimentão. Usado para temperar carnes, aves, peixes e vegetais ou como acompanhamento.



- Postado por: ©urtadozóio às 14h49
[ ] [ envie esta mensagem ]





Arrumando a mesa

A toalha de mesa tem de estar lavada e passada de forma impecável. Ela precisa ser de tecido nobre e ter dimensões suficientes para que haja uma queda de pelo menos 25 cm de cada lado da mesa (que fique na altura do assento da cadeira).

Em eventos menos formais, jogos americanos, nos mesmos tecidos, podem e devem ser usados em almoço ou jantar, em especial sobre mesas de mármore, granito, vidro, ou de madeira, quando ela está bem tratada.

A distância entre um lugar e outro deve manter-se entre 50 cm e 75 cm.
Os pratos são colocados no lugar, a dois dedos (3 cm) da borda da mesa, de modo que não toquem nas pessoas.

Os sousplats (pratos de prata ou cristal para ficar sob os pratos) não são obrigatórios, mas dão um ar requintado e evitam que pequenos restos de comida caiam na mesa.

O prato de sopa (fundo) é colocado sobre o raso. Pode-se também utilizar taças de consomê.Os guardanapos são colocados à esquerda dos garfos, ou sobre os pratos. Pode-se arranjá-los em retângulo ou escolher outra dobradura artística que embeleze a decoração.

Talheres também ficam a dois dedos da borda da mesa, paralelos e eqüidistantes entre si. À esquerda do prato coloque os garfos. O maior (de carnes) a dois dedos do prato e, em seguida, o menor (de peixe ou salada). À direita do prato, disponha as facas, na mesma ordem: a de carnes junto ao prato e, do lado de fora, a do peixe (não havendo peixe, retire-a).

Todos os talheres ficam voltados para cima. O cardápio (menu), para o almoço e jantar, pode ser colocado sobre ou próximo ao guardanapo.

Os copos e taças são posicionados em diagonal, à frente e à direita do prato, na seguinte ordem (do maior para o menor), em direção à borda da mesa: água, vinho tinto, vinho branco. O de champanhe por detrás deles.
Velas poderão compor a decoração de jantares.

arrumações lindíssimas...

 

 

essas duas abaixo... vejam a arrumação especial...descontraídas, charmosas  e lindas...

..e não se esqueçam...dar um toque pessoal na hora de arrumar a mesa para receber nossa família e amigos para jantar ou almoçar é uma forma delicada de mostrarmos como são especiais...

http://moquecacompimenta.blogspot.com/2007/09/arrumando-mesa.html



- Postado por: ©urtadozóio às 13h59
[ ] [ envie esta mensagem ]






AZEITE COM ALECRIM – MOLHOS E CONDIMENTOS

O alecrim assim como o manjericão é uma erva apaixonante. Ele é estimulante, revigorante e tem a boa fama de levantar e melhorar os ânimos humanos. É indicado para quem sofre de depressão e faz parte da fórmula da “Água da Rainha da Hungria”. Uma solução famosa e com aspectos tão românticos quanto mágicos. Bem, mas esse assunto é tão fascinante que ficará para outra hora.
Meu encanto por ele ao contrário do manjericão não aconteceu na infância e sim já na fase adulta e acho mesmo que o alecrim é uma erva para paladares adultos e amadurecidos ou desejosos de novas experiências.
Também tenho um lindo pé de alecrim plantado na memória, mas não num passado distante e remoto e sim no meu antigo quintal que ficou há alguns anos e quilômetros na Serra da Cantareira. Por essa ocasião ele deve estar por lá carregado de lindas flores já que os daqui já estão.
Como eu não possuo um pé de alecrim nesse meu quintal atual, conto com os lindos ramos que chegam até a mim pelas mãos de minha mãe que os traz da casa de uma amiga que mora num bairro aqui perto.
Então eu o utilizo fresco em diversas formas, esse azeite é uma delas. Os galhos restantes podem ser desidratados como já expliquei no azeite de manjericão. Quando não existe mais a possibilidade de usar o alecrim fresquinho, recorro ao azeite ou aos galhinhos desidratados.
Utilizem-o em aves, carne suína, cordeiro, massas, pastas, pães, torradinhas ou onde mais a imaginação mandar.

 

AZEITE DE OLIVA COM ALECRIM

Ingredientes

2 maços de alecrim
500 ml de azeite de oliva extravirgem

Modo de fazer

Higienize muito bem o alecrim separando os galhinhos. Seque-os bem com papel toalha e coloque-os sobre outras folhas secas de papel toalha ou sobre um pano de cozinha e deixe tomando ar até que fiquem “totalmente” secos.
Então destaque as folhinhas dos galhos e coloque-as no processador juntamente com 1/2 xícara do azeite e bata por alguns segundos ou até triturar as folhinhas, sem, no entanto deixar que virem uma pasta.
Passe para outro recipiente e adicione o azeite restante misturando muito bem. Transfira para um vidro bem esterilizado e seco e tampe bem. Não se deve passar por peneira esse azeite.
Pode ser armazenado por 30 dias fora da geladeira ou por mais tempo dentro da geladeira. Como aqui é muito quente, tanto um quanto outro eu prefiro conservar na geladeira.


Observações dessa cozinha:

__ Se for usar alecrim plantado e colhido por você e não souber o quanto deve calcular, meça 1 xícara (chá) de folhinhas (sem talos) sem apertar na xícara.

Para desidratar os ramos proceda da mesma maneira explicada em azeite de manjericão, porém ainda tenho outra maneira de armazená-los.
Eles devem estar totalmente secos, sem nenhum resíduo de umidade. Para que isso aconteça deixe-os tomando ar por algumas horas sobre um pano limpo ou toalhas de papel descartáveis. Então coloque os galhinhos dentro de um saco plástico daqueles com fecho (tipo Zip) ou então prenda bem com um prendedor. Guarde-o na porta da geladeira. Eles se desidratarão mesmo assim, mas dessa forma é possível usar os galhinhos sem ter que destacar as folhinhas.

AZEITE DE MANJERICÃO – MOLHOS E CONDIMENTOS

Já lhes adianto que não se trata de um azeite aromatizado. Essa é apenas uma boa maneira de se aprisionar e conservar o delicioso sabor e aroma do manjericão antes que as variações climáticas e as mudanças de estações o levem de vez. Se bem que muito diferente dos meus tempos paulistanos onde meus pés de manjericão pereciam após o outono, os daqui duram anos, talvez por se tratar de espécies mais rústicas e resistentes.
É tão comum de se achar pés de manjericão espalhados pelas ruas da cidade que observo que eles são quase ignorados, talvez por essa mesma razão. Aliás, se não fosse pelos poucos habitantes caninos que sobraram na região poderíamos sair colhendo-os por ai.
Os que crescem na sombra têm a coloração mais escura e a textura das folhas mais delicadas e apresentam um aroma mais suave, alguns lembram o aroma do anis ainda verde. Já os que crescem a pleno sol se apresentam bem diferentes. Mais resistentes de coloração verde bem mais clara, folhas bem menores e floração exuberante, possuem um aroma muito quente e apimentado.
Uma pequena jarra com alguns ramos desse manjericão colhidos num dia de sol radiante e colocados na cozinha ou em qualquer outro lugar estratégico é capaz de incomodar os narizes mais desavisados, devido ao aroma impregnante.
O manjericão está presente na minha memória olfativa desde a infância. A lembrança mais intensa que tenho é de um pé que havia na casa de meus avós em Panorama (SP). Plantado perto de um banco na parte da frente da casa ele ainda perfuma minha memória como as brisas que vinham do jardim.
Deixo com vocês a receita. Logo após de ser feito ele é bem mais forte, a ponto de descongestionar as narinas, pelo menos o feito com o manjericão daqui, mas com o tempo torna-se mais suave.
Experimente-o em saladas, marinadas, pastas, massas, molhos, pães, torradas ou façam suas próprias invenções.
É possível achar lindos pés de manjericão espalhados pelas ruas da cidade, se não fosse pelos habitantes caninos , nem haveria a necessidade de plantá-los.
Os que crescem a pleno sol apresentam uma linda cor verde clara, floração intensa e aroma quente e apimentado. Pura provocação aos narizes menos avisados...

 

AZEITE DE MANJERICÃO

Ingredientes

1 maço grande de manjericão
500 ml de azeite de oliva extravirgem

Modo de fazer

Higienize muito bem os ramos de manjericão. Separe “somente as folhinhas” e seque-as com papel toalha ou um pano limpo de cozinha e espalhe-as sobre outras folhas de papel toalha ou sobre outro pano de cozinha bem seco. Se necessário troque o papel ou pano para eliminar totalmente a umidade. Deixe em local ventilado por 1 hora ou mais, o manjericão deve ficar totalmente seco.
Em seguida coloque as folhinhas no processador e junte 1/2 xícara de azeite de oliva. Bata por alguns segundos até triturar e transfira para uma tigela de louça ou vidro e junte o azeite restante. Cubra a tigela com filme plástico e deixe repousar em temperatura ambiente, de um dia para o outro.
No dia seguinte, coloque um pedaço de pano fino (morin, musseline, voil) sobre uma peneira e coe o azeite.
Passe para uma garrafa ou vidro bem esterilizado e seco.
Pode ser guardado por 30 dias fora da geladeira ou por mais tempo dentro da geladeira.

Observações dessa cozinha:

__ Se for usar o manjericão da sua horta e não souber o quanto deve calcular para obter um maço grande, meça 1 xícara (chá) de folhinhas (sem talos) bem apertadas na xícara.

Outra maneira de guardá-lo é lavar e secar bem os galhinhos. Depois enrole em folhas de papel grosso, amarre bem e pendure em um local escurinho, porém ventilado. Depois de totalmente secos, destaque as folhinhas e guarde-as em um frasco, para que não percam o aroma. As flores com as sementes poderão ser usadas para fazer novas mudas.
Quando não é possível obter o fresco, as folhinhas desidratadas resolvem o caso e são muito mais aromáticas que as que são comercializadas por aí.
Além do aroma e sabor, podem ser ainda um lindo elemento de decoração num ambiente rústico. Pequenos maços também podem ser pendurados na parte interna dos armários da cozinha. Embelezam e dizem que afasta insetos.

http://cozinhaepoesia.blogspot.com

OUTRAS RECEITAS DE AZEITES ...

AZEITE PARA PEIXES E FRUTOS DO MAR

01 colher de sopa de erva doce
01 colher de sopa de sementes de coentro
01 colher de chá de pimenta do reino em grãos
04 ramos de dill
02 ramos de tomilho
Casca de limão (só a parte verde)
02 xícaras de cha de azeite de oliva extra virgem.

Junte todos os ingredientes em uma garrafa de vidro bem seca. Feche bem. Em seguida coloque a garrafa em pé dentro de uma panela com água fervendo. Deixe no fogo baixo por 30 minutos. Espere esfriar e guarde em lugar protegido da luz. Coe quando utilizar para fritar, grelhar ou assar peixes e frutos do mar.

AZEITES PARA MASSAS E RISOTOS

01 colher de sopa de casca de limão siciliano ralada (só a parte amarela)
01 colher de chá de pimenta do reino em grãos
04 ramos de salsa
02 ramos de tomilho
02 xícaras de chá de azeite de oliva extra virgem.


Junte todos os ingredientes em um vidro limpo e seco. Feche bem. Em seguida coloque a garrafa em pé dentro de uma panela com água fervente e leve ao fogo por 30 minutos. Espere esfriar e guarde em lugar protegido da luz. Coe quando precisar utilizar.

AZEITE PARA AVES

01 ramo de erva cidreira
02 galhos de coentro
01 dente de alho
01 pedaço de 01 cm de gengibre fresco fatiado
02 xícaras de cha de azeite extra virgem.

Junte todos os ingredientes em uma garrafa limpa e seca. Feche bem. Coloque-a em pé dentro de uma panela com água fervente. Deixe em fogo baixo por 30minutos. Espere esfriar e guarde em lugar protegido da luz. Após sete dias, retire o alho com a ajuda de um espeto. Coe e use para temperar pratos feitos com aves.

AZEITE PARA TODOS OS DIAS

01 xícara de chá de manjericão
02 xícaras de azeite de oliva extra virgem.

Coloque o manjericão em água fervente por 10 minutos. Escorra e seque bem. Bata no liquidificador com uma xícara de azeite ate que as folhas se
dissolvam. Use uma peneira fininha para coar. Em seguida junte o restante do azeite, coloque em um vidro limpo e feche bem. Conserve na geladeira. Esse azeite pode ser usado no que você quiser – peixes, frangos, legumes, saladas, massas, etc.

Já experimentei o azeite de peixes, uma delicia, fica bem temperado. E faz uma diferença enorme no sabor dos pratos. A gente compra lindos vidros em casas de bricolage, enfeita com uma tampa bonita, põe o azeite e guarda tranquilamente até o natal. Acho que é realmente um bom presente. Eu pelo menos adoraria ganhar...

http://minhamesa.blogspot.com/2006/09/o-maravilhoso-perfume-do-azeite-de.html



- Postado por: ©urtadozóio às 14h32
[ ] [ envie esta mensagem ]





Dicas e receitas de como preparar um chá.

"Se bem não faz, mal também não"

Esta frase comumente ouvida, não é verdade, pois chás tomados sem orientação podem causar danos ao organismo.

Como preparar o chá corretamente.

As ervas medicinais podem ser usadas de várias formas e uma delas é como chá tradicional.

Em regra geral precisa-se para cada 1 litro de água 4 colheres de sopa de folha seca ou 8 colheres de sopa de folhas verdes.

Jogue a erva seca ou frescana água fervendo e deixe cerca de ½ minuto a ferver em recipiente tampado. Só então apague o fogo. Deixe por alguns momentos para que a substância ativa se solte na água.

Prepare e guarde os chás em recipientes de vidro, porcelana ou barro.

Não utilize utensílios de alumínio.

Lembramos porém que outras partes das plantas podem ser utilizadas de outras formas (raiz, caule, folha e flor).

Café, Refrigerante ou Chá

As ervas podem ser usadas como substâncias para o mate, café, refrigerante ou chocolate, com o objetivo de diminuir os danos causados à saúde. Em geral o chá preto, o café e o chocolate são excitantes do sistema nervoso e digestivo. Os refrigerantes são bebidas com gás e portanto nocivos à saúde, já alguns chás medicinais funcionam com calmantes.

Recomendamos:

ERVA CIDREIRA - é calmante e digestivo;

ERVA DOCE - é calmante, digestivo e ajuda a eliminar os gases intestinais;

FOLHAS DE LIMOEIRO OU LARANJEIRA - ajuda na prevenção da anemia, gripe e mau hálito.

Saladas com ervas são uma delícia !!!

Outra forma bastante eficiente de usarmos as ervas, é comê-las cruas nas saladas.

Com criatividade e tempero elas ficarão uma delícia e enriquecerão a sua alimentação.

Aqui vão algumas sugestões: língua de vaca, salva, hortelã, dente de leão, salsa, cebolinha, aipo e agrião.

Não esqueça de lavá-las em água corrente e tratada.

Dicas

1. Não misture as ervas na produção de um chá;

2. Evite adoçar os chás com açúcar ou adoçante, pois estes interferem negativamente na ação da planta. Quando puder use mel.

3. O chá deve ser ingerido quente ou morno.

4.. O chá de arruda, quando aplicado no couro cabeludo e fios de cabelo, ajuda a matar piolho. Para 1 litro de água coloque 2 colheres de sopa da erva.

5. As plantas devem ser colhidas quando molhadas, no horário da madrugada.

6. As ervas que perderem o odor característico não servem para fins terapéuticos.

7. O confrei é rico em ferro, fósforo, zinco, cálcio e manganês. Ajuda no tratamento da diabetes, anemia e gastrite.

8. A arnica é indicada para contusões e hematomas, porém se ingerida sem orientação médica torna-se tóxica ao organismo.

9. Não cultive ervas próximo à rede de esgotos. Verifique a origem da água que regam as plantas. Se for de origem duvidosa não consuma !

10. As ervas não são milagrosas. Em casos de doenças consulte um médico.

11. Prepare o chá diariamente, pois este pode fermentar de um dia para outro.

12. Não se deve tomar chá durante as refeições, devendo aguardar 1 hora depois para bebê-lo, pois este tomado durante as refeições diluem o suco gástrico, dificultando a digestão.

Algumas Folhas e Ervas estudadas.

AGRIÃO: É depurativo, expectorante e diurético.

ALECRIM: É boa para evitar os gases e auxiliar na digestão, atuando também como calmante.

ALFAVACA: Tem efeito febrífugo e é ótimo para cálculos e cólicas renais.

AMOR-PERFEITO: É depurativa e ajuda no tratamento de afecções cutâneas, podendo ser utilizado sob a forma de chás e compressas como reforço externo.

ANGÉLICA: Tonifica o estômago e é eficaz nas tosses crônicas.

BABOSA: É antiséptica e anti-inflamatória.

BOLDO DO CHILE: Sua ação maior é sobre a vesícula e o fígado, auxiliando também na digestão.

CALÊNDULA: É um excelente analgésico e antiespasmódico.

CAMOMILA: É calmante e digestiva.

CARQUEJA: É boa para o estômago, fígado, é vermífuga, e indicada para casos de diabetes, com uso moderado.

ERVA-DE-SANTA-MARIA: É um poderoso vermífugo, indicada também para as doenças do trato respiratório. Deve ser empregada com cautela, pois é tóxica se for utilizada em doses excessivas.

ESPINHEIRA-SANTA: Indicada para distúrbios estomacais.

LOURO: Boa para o estômago e gases, podendo ser ingerida na forma de chás e temperos.

http://www.ahau.org/prepcha0.0.html



- Postado por: ©urtadozóio às 12h52
[ ] [ envie esta mensagem ]





Reaproveitamento de alimentos

Como evitar o desperdício

# Comprar bem: preferir legumes, hortaliças e frutas da época
Conservar bem: armazenar em locais limpos e em temperaturas adequadas
Preparar bem: Lavar bem os alimentos, não retirar cascas grossas e preparar apenas a quantidade necessária para a refeição de sua família.

Preste atenção

Algumas atitudes comuns do dia a dia praticadas pela maioria da população, como por exemplo, cozinhar os alimentos como cenoura, chuchu, e legumes em geral sem a casca, podem retirar as barreiras naturais de proteção destes alimentos contra a perda de seus elementos nutritivos durante a fervura. Excluindo a casca comestível de algumas frutas, acabamos perdendo muitas fibras, que são importantíssimas para o bom funcionamento do intestino. Também não se deve cozinhar os legumes em água e depois jogá-la fora, já que todas as vitaminas hidrossolúveis (aquelas diluídas na água) se perdem.

Tenha muita atenção ao reaproveitar os alimentos, quando deteriorados pode trazer conseqüências graves para a saúde, procure sempre a orientação de um profissional especializado para a asseguração de práticas adequadas.

Utilize sempre alimentos de época
 
Não esqueça que cada alimento tem sua safra. Os alimentos podem ser encontrados em quase todos os meses do ano mas, na época certa, eles são mais baratos e de melhor qualidade.

Janeiro - Abóbora, abobrinha, agrião, alho nacional, alho estrangeiro, almeirão, batata, batata-doce, berinjela, beterraba, brócolis, cebola, cenoura, chicória, couve, escarola, espinafre, inhame, jiló, mandioca, milho verde, mostarda, pepino, pimenta, pimentão, quiabo, rabanete, repolho, rúcula, salsa, salsão, tomate, vagem, abacaxi, banana, banana-maçã, coco, figo, goiaba, jaca, laranja-pêra, limão, maçã, manga, maracujá azedo, melancia, melão amarelo, pêra, pêssego, uva itália, uva niágara.

Fevereiro - Abóbora, abobrinha, agrião, alho estrangeiro, batata, batata-doce, berinjela, beterraba, cebola, coco, couve, inhame, jiló, mandioca, milho verde, mostarda, pepino, pimenta, pimentão, quiabo, repolho, salsa, salsão, tomate, abacate, abacaxi, banana, banana-maçã, caqui, coco, figo, goiaba, jaca, limão, maçã, maracujá azedo, melancia, melão amarelo, uva itália, uva isabel, uva niágara.

Março - Abóbora, abobrinha, batata, batata-doce, berinjela, cará, cebola, chuchu, inhame, jiló, mandioca, milho verde, pepino, pimenta, pimentão, quiabo, repolho, vagem, abacate, banana, caqui, figo, goiaba, jaca, limão, maçã, maracujá azedo, melancia, melão amarelo, uva itália, uva isabel.

Abril - Abóbora, abobrinha, alho estrangeiro, batata, batata-doce, berinjela, cará, chuchu, inhame, jiló, mandioca, milho verde, pepino, pimenta, pimentão, quiabo, repolho, vagem, abacate, banana, banana-maçã, caqui, coco, figo, goiaba, jaca, laranja-pêra, limão, maçã, maracujá azedo, melancia, tangerina cravo.

Maio - Abóbora, abobrinha, alface, alho estrangeiro, batata, batata-doce, berinjela, cará, chuchu, inhame, jiló, mandioca, pepino, pimenta, pimentão, quiabo, rúcula, salsa, tomate, vagem, abacate, banana, banana-maçã, banana-prata, cococ, goiaba, jaca, laranja-pêra, limão, mamão, maracujá azedo, melancia, tangerina cravo, tangerina poncã.

Junho - Abóbora, acelga, alface, alho estrangeiro, batata, batata-doce, brócolis, cará, chuchu, inhame, mandioca, rúcula, salsa, tomate, abacate, banana, banana-mação, banana-prata, coco, jaca, laranja-pêra, limão, mamão, maracujá azedo, melancia, tangerina cravo, tangerina murcote, tangerina poncã.

Julho - Abóbora, acelga, alface, batata-doce, brócolis, cará, cenoura, espinafre, inhame, mandioca, mostarda, rabanete, rúcula, salsa, tomate, abacate, banana-prata, coco, laranja-pêra, mamão, maracujá azedo, melão amarelo, morango, tangerina murcote.

Agosto - Abóbora, acelga, agrião, alface, almeirão, beterraba, brócolis, cará, cenoura, chicória, couve, couve-flor, escarola, espinafre, inhame, mostarda, rabanete, rúcula, salsa, abacaxi, banana-prata, laranja-pêra, melão amarelo, morango, tangerina murcote.

Setembro - Acelga, agrião, alface, alho nacional, almeirão, beterraba, brócolis, cebola, cenoura, chicória, couve, couve-flor, escarola, espinafre, inhame, mostarda, rabanete, repolho, salsa, salsão, abacaxi, banana-prata, laranja-pêra, morango, manga, melancia, tangerina murcote.

Outubro - Abobrinha, acelga, alface, alho nacional, almeirão, beterraba, brócolis, cebola, cenoura, chicória, chuchu, couve, couve-flor, espinafre, inhame, mostarda, rabanete, repolho, salsa, salsão, vagem, banana-prata, morango.

Novembro - Abobrinha, alface, almeirão, beterraba, cebola, cenoura, chicória, couve, espinafre, inhame, milho verde, mostarda, pepino, rabanete, repolho, salsa, salsão, vagem, mamão, manga, melancia, morango, pêssego.

Dezembro - Abobrinha, alho nacional, almeirão, beterraba, cebola, cenoura, couve, inhame, pepino, repolho, salsa, salsão, tomate, vagem, abacaxi, manga, melancia, melão amarelo, pêssego.

Fonte: Livro Alimente-se Bem - SESI



- Postado por: ©urtadozóio às 19h37
[ ] [ envie esta mensagem ]





Saiba Como Se Portar à Mesa


O início da refeição:

Seja pontual como convidado e como anfitrião. O ideal é chegar na hora. No Brasil admite-se meia hora de atraso. Os anfitriões devem mandar servir uma hora após o estipulado no convite

Numa refeição formal só comece a comer quando a anfitriã levantar seus próprios talheres da mesa

Homens só se sentam à mesa depois de as mulheres estarem acomodadas

Em casa, só comece a comer quando a última pessoa for servida

Como anfitrião, sirva primeiro aos convidados, e por último a si próprio

As mulheres servem-se primeiro, depois os homens mais idosos, em seguida os homens adultos

Cabe ao anfitrião fazer um brinde a quem convidou. Mas, nada impede que, ele não se adiantando, um convidado o faça. O brinde não pode ser longo: uma ou duas frases no máximo: senão vira um enfadonho discurso. Após o anfitrião levantar seu brinde, alguém pode querer propor outro brinde. É normal, mais que 3 é ridículo.

Os guardanapos:

Havendo um guardanapo de tecido, colocá-lo sobre os joelhos, jamais ao colo, rente ao pescoço. Terminada a refeição, deixe-o solto sobre a mesa, não o redobrando direitinho. Isto indica que ele deverá ser lavado e passado.

Sendo guardanapo de papel, mantê-lo ao lado esquerdo do prato. Não o amassar, muito menos transformá-lo numa bolota.

Os talheres:

Cortar o pãozinho com as mãos (sem faca), em pequenos pedaços, enquanto vai comendo ou levá-lo à boca. Não o estraçalhe.

Quando há muitos talheres, comece utilizando-os de fora para dentro. Tendo dúvidas, siga o que faz a dona da casa.

Segure o garfo entre o polegar e o indicador da mão direita, apoiando-o nos demais dedos.

Ao cortar um alimento, passar o garfo para a mão esquerda e virá-lo para baixo, espetando no alimento a ser cortado. Segurar a faca pelo cabo com a mão direita e cortar o pedaço.

Corte a carne aos poucos. Um adulto pode cortar todo o seu bife de uma só vez para uma criança de até 8 anos, numa refeição familiar.

O comportamento:

Jamais misturar ou amassar a comida no prato, fazendo um imbroglio.

Palitar os dentes é abominável. Mesmo em família. Quem precisar mesmo usar palito, deve fazê-lo no banheiro.

Servir-se de porções modestas. É melhor repetir do que deixar sobras. Deixar no prato, além de um gesto de má educação é um grande desperdício.

Espera-se que um adulto possa cortar sua própria carne - sozinho e aos poucos

Em casa não se deve interromper a refeição para atender um telefonema. A única exceção admissível é se o comensal for um médico ou se for uma ocasião de emergência.

É bom lembrar: as maneiras das crianças refletem as de seus pais. Não permita que elas cometam alguma impropriedade à mesa com argumentos do tipo "ainda são pequenas" ou "não devem ser reprimidas".

A comida oriental (japonesa, chinesa, coreana) é pega com 2 pauzinhos chamados hashi. Seu manuseio depende de algum treino. Se você não souber comer com hashi, peça talheres. Não é gafe, ao contrário. Mas é simpático pedir orientação para um futuro uso.

Antes de levar o copo à boca, limpe-a com guardanapo. Nada mais desagradável do que ver um copo com a borda suja de batom ou gordura.

Ao comer ou cortar um pedaço de carne, manter os braços junto ao corpo. "Não abrir as asas".

Deixar os cotovelos longe da mesa. Estando à mesa, jamais segurar a cabeça com as mãos.

No final da refeição:

Num jantar social só deixe a mesa em casos extremos. Caso contrário, jamais saia da mesa antes de terminada a refeição.

Você pode repetir o prato nas refeições servidas a americana. Porém nunca peça "mais um pouco, por favor". Numa refeição formal. Se houver mais, lhe será oferecido. Se não houver, você deixará os anfitriões constrangidos. Existe um "código de mesa" internacional, entendido por garçons e copeiras bem treinados. Se você está satisfeito, coloque os talheres em paralelo virados para cima, sobre o prato. Nunca cruzados. Se houver mais comida, ela lhe será oferecida.. Mesmo assim, numa refeição formal você só pode repetir o prato principal. A sopa (ou entrada fria), o peixe e a sobremesa não podem ser repetidos.


Atenção especial:

Se você tiver algum convidado canhoto, seja atencioso e dê-lhe a ponta esquerda da mesa. Além disso, oriente o copeiro para que este convidado em especial seja servido pela direita e não pela esquerda como os demais. Além disso, um canhoto tem o direito de mudar os talheres à mesa, mesmo num jantar formal: as facas à esquerda, os garfos à direita.

Alimentos críticos:

O que posso comer com as mãos:

Banana in natura (assada ou frita não)

Batata chips e batata frita quando acompanhada de sanduíche.

Biscoitos, bolachas e petits-four

Bolo seco

Canapés

Codorna: coma com garfo e faca até onde puder, depois coma-a com a mão.

Mexerica, frutas com caroço

Pão: numa mesa de refeição deve ser cortado com as mãos

Atenção especial:

Lagosta: com uma das mãos, segure a lagosta. Com a outra, aperte a pinça que se parece a um quebra nozes para trituras a casca. Use um garfinho para retirar a carne, passe-a para o seu prato e coma-a com o garfo de peixe.

Escargots: com a mão direita, pegue a pinça e prenda a concha; com a outra mão, tome o garfinho e retire o escargot. Passeo-o no molho e leve-o à boca

Saladas: as folhas de verduras devem ser dobradas com o garfo e comidas, e não cortadas.

Legumes, panquecas e crepes: jamais são cortados com faca, mas com a lateral do garfo.



- Postado por: ©urtadozóio às 14h17
[ ] [ envie esta mensagem ]





Verduras: compras e cozimento


A boa escolha já começa na hora da compra, afinal, são mais frágeis e ficam ruins em pouco tempo. Maços que tenham algumas folhas queimadas ou amareladas devem ser de imediato descartados, pois indica que já passou algum tempo em câmara frigorífica, reduzindo o tempo que você poderá conservar em sua geladeira.

Já as folhas com pequenos furos podem estar com algum tipo de larva. Caso você não compre nas feiras, onde estão as melhores opções, e acabe indo ao supermercado, tente observar em qual dia elas estão mais frescas, e marque na porta de sua geladeira, pois, salvo nas grande lojas, as verduras chegam uma vez por semana.

Se tiver algum fornecedor que lhe ofereça produtos livres de agrotóxicos, opte por ele, mesmo que o preço seja maior. A sua saúde vai agradecer. E por fim, opte por comprar o maço com a verdura inteira, nunca cortada, pois no processo de corte, folhas de má qualidade podem ser inseridas sem que você perceba.

Depois de escolhida a verdura, lavada e colocada de molho por cerca de 20 minutos em uma colher de sopa de vinagre ou até algumas gotas de água sanitária, é hora de escolher o melhor cozimento para as verduras.

O espinafre pode ser cozido inteiro, já o brócolis em flores ou debulhado. Muitas vezes o cozimento à vapor é mais simples, mas deixa a verdura com um aspecto de descolorida, um verde não tão vivo.

Muita gente coloca bicarbonato de sódio para melhorar o aspecto, porém, este procedimento é desaconselhado pelos nutricionistas, pois o alimento acaba perdendo muito de seus nutrientes (o que já acontece pelo próprio contato com a água durante a fervura). Mas, se você preferir, deixe a água ferver e acrescente a verdura, somente pelo tempo necessário para que fique macia, (geralmente é muito rápido).


Que comer salada faz bem para saúde todo mundo sabe, mas entre saber da importância e realmente comer, existe uma diferença enorme.
Algumas pessoas amam comer um prato de salada colorido e delicioso, outras acham que é uma tortura, não suportam nem o cheiro. Para as pessoas que não gostam, algumas táticas precisam ser encaradas.
Listamos algumas hortaliças para você variar e sair do tradicional alface com tomate. Conheça novos alimentos para que você possa incluí-los em seu prato com prazer e não por obrigação.

Tipos de folhas

ACELGA - Folhas verde-claras, macias e grandes, talos largos e brancos, do mesmo ramo do repolho. É encontrada o ano inteiro. Pode ser consumida crua ou cozida. Sabor levemente adocicado, suave, com textura firme. Fornece 2 kcal por folha e em sua composição você encontra cálcio, ferro, magnésio, fósforo, potássio, ferro vitamina A, C e fibras.

ALCACHOFRA - A parte comestível é chamada de botão e a base é conhecida como “coração” da alcachofra. Dê preferência às que têm pétalas firmes, sem manchas e bem agrupadas. É geralmente fervida em água e sal e servida quente ou fria. Uma unidade (50g) tem em média 30kcal, além de ter cálcio, ferro, magnésio, fósforo, potássio, ferro, vitaminas A, C e fibras.

ALMEIRÃO - Da mesma família da chicória e da alface, o almeirão possui folhas mais estreitas e alongadas e sabor amargo. Geralmente é consumido cru em forma de salada. Tem propriedades nutricionais semelhantes às da chicória e da escarola.

BERTALHA - Folhas verdes escuras e carnosas, mais arredondadas. Parecida com o espinafre, também fornece pouquíssimas calorias e contém nutrientes.

CHICÓRIA E ESCAROLA - Folhas soltas, crespas ou lisas, poden ser consumidas cruas ou cozidas e têm sabor levemente amargo. Uma folha fornece aproximadamente 3kcal e tem em sua composição cálcio, magnésio, fósforo, potássio, vitamina C, folato, vitamina A e fibras.

COUVE - Folhas grandes e verdes e bem saborosa. Pode ser empregada em diversas preparações. A mais conhecida dos brasileiros é a couve “à mineira”, cortada em tiras muito finas e refogada. Uma colher de sopa desta preparação contém aproximadamente 36kcal, além de vitaminas e minerais.

ESPINAFRE - Folhas pequenas e levemente carnudas, de cor verde-escura brilhante, contém muita água e depois de cozimento se reduz um pouco. Normalmente é consumido cozido, pois suas folhas são ásperas quando cruas. Uma colher de sopa de espinafre cozido tem em torno de 15kcal. Cálcio, potássio, fósforo, ferro, folato, vitamina C e vitamina A e fibras também estão presentes.

RADICCHIO - Variedade da chicória, caracterizada por um método específico de cultura da terra, que produz folhas de coloração vermelha. É habitualmente utilizado cru, em saladas. 1 folha de radicchio pode apresentar em torno de 4kcal, além das vitaminas A, C, folato e dos minerais cálcio, fósforo, potássio e fibras.

ENDÍVIA - Hortaliça de folhas brancas, sabor suavemente amargo. Foi obtida por manipulação humana, por meio do cultivo da chicória em ambiente escuro. Ela se torna amarga se exposta ao sol. Pode ser consumida crua ou cozida. Podemos destacar a quantidade de fibras presente nesta hortaliça, além de vitaminas e minerais.

ALFACE - Esta é a verdura de maior consumo no país. É cultivada no mundo todo sendo encontrada facilmente em qualquer época do ano. Quando for comprar observe se as folhas estão frescas, firmes e viçosas. Você pode encontrar tipos diferentes, conheça alguns deles: alface lisa, americana, romana, crespa e roxa. Uma folha tem 2 kcal. Cálcio, vitamina C, A e fibras, entre outros nutrientes estão presentes.

AGRIÃO - Tem folhas verde-escuras e brilhantes, quando fresco. Sabor refrescante, é muito utilizado em saladas, em sanduíches, molhos e outras preparações. Um ramo tem 1,5kcal, possui cálcio, magnésio, fósforo, potássio, vitaminas A, C e folato.

RÚCULA - Possui folhas espessas, tenras, divididas, longas, verdes e de sabor apimentado. Muito utilizada crua em saladas. Uma folha de rúcula não ultrapassa o valor de 3kcal, contém cálcio, ferro, magnésio, fósforo, potássio, vitaminas A e C e fibras.

Higienização

É fundamental fazer a higienização adequada das hortaliças antes de consumi-las. Deixe escorrer bastante água corrente sobre as folhas, até remover toda a sujeira. Depois deixe de molho em água e uma solução de hipoclorito de sódio, na proporção de 1 colher de sopa para cada litro de água durante aproximadamente 15-20 minutos.

Você pode utilizar as folhas em diversas preparações: saladas, sucos, cozidos, refogados, tortas, bolos, etc.


* Não compre maços com folhas amareladas, murchas ou rasgadas.

* Se for consumir as folhas cruas, em saladas, tempere com azeite ou utilize molhos com ervas aromáticas, iogurte, limão, etc.

* A melhor maneira de cozinhar as hortaliças é a vapor, método que perde menos nutrientes.

* Para refogar utilize um pouco de óleo vegetal e alho e por pouco tempo. O alho possui propriedades antioxidantes, ou seja, que fazem bem   à saúde. Os óleos mais saudáveis são os de canola e girassol.

* Como você pode perceber existem muitas maneiras de consumir folhas no seu dia-a-dia. Além de serem fontes de vitaminas, minerais e fibras possuem pouquíssimas calorias. Então aproveite e encha seu prato de salada!

Roberta Silva
Nutricionista



- Postado por: ©urtadozóio às 12h48
[ ] [ envie esta mensagem ]





Pesos e medidas...medidas e pesos...

Quantidade de alimento ideal por pessoa

Material de utensilios de cozinha...



- Postado por: ©urtadozóio às 20h31
[ ] [ envie esta mensagem ]





Conservando a banana

Quando comprar banana, chegue em casa e corte todas da penca, da mesma forma em que foi cortado na foto. No dia seguinte ao corte, a banana já está com a ponta seca e fechada, conservando a fruta íntegra por uma semana. Não atrapalha em nada o amadurecimento. Normalmente a banana madura se separa da penca até mesmo pelo peso. Quando isto acontece, ela começa a melar aparecendo aqueles mosquitos de fruteira, além de oxidar e estragar mais rápido. Agindo assim ela vai ficar mais conservada...

**Dicas para cozinha

Sorvete de limão
Misturamos a água de um coco verde com o suco de um limão e cinco a sete gotas de stevia líquida. Colocamos em formas de gelo no congelador e servimos com morangos frescos.
(Kitchen Kelly's Korner, Hippocrates, vol. 22: 5)
 
Queijo ralado

È difícil ralar queijo quando está mole e gruda no ralador. Podemos congelar o queijo antes de ralar para facilitar a tarefa. (M. Geiser, Zürich)
 
Tábuas de madeira
Alegando que oferecem menos riscos de contaminação, a propaganda promove tábuas de plástico para cortar os alimentos na cozinha como sendo melhores do que as tábuas de madeira. Entretanto, pesquisas mostraram que este conceito está completamente errado e que as tábuas de madeira são mais seguras. Para a maioria das coisas na vida, o natural é melhor.
 

**Dicas para limpeza

Sem química
Não precisamos limpar o tapete sujo com produtos químicos. Em vez disso, podemos distribuir batatas cruas raladas sobre o tapete, deixar secar e depois aspirar.
(S.Steinberg, Bockenem)

 
Sabonete para o espelho
Durante o banho muitas vezes o espelho do banheiro fica embaçado. Isso é possível evitar: esfregamos sabonete no espelho e polimos com papel higiênico. Desta forma o espelho não fica embaçado. (mdb, Ktipp, 2003)

 
Protegendo a cor
Botões coloridos de madeira nas peças de roupa não perdem sua cor durante a lavagem quando cobrimos com esmalte de unhas incolor.
(A. Kolb, Nidderau)
 
Aquecer para soltar as etiquetas coladas sobre caixas de papelão aquecemos rapidamente com um secador de cabelo. Assim, elas se soltam sem problemas e a caixa não fica danificada. (B. Klaus, Zollikofen)
 
Limpando prata
Uma solução simples para limpar prata é combinar aproximadamente um litro de água em temperatura ambiente com três colheres de sopa de bicarbonato de sódio e três colheres de sopa de sal em uma tigela. Adicionamos um pedacinho de papel alumínio e imergimos a prata nesta solução. A prata vai brilhar de novo.
(Megan Tady, Yes!, Outono, 2003)
 
Pasta de dente para limpar a prata
Talheres e jóias de prata estão sempre escurecendo. Podemos clareá-los facilmente com uma pasta de dente. Esfregamos a prata com a pasta até brilhar. Depois lavamos em água quente e enxugamos. (S.Fleury, Mattstetten)
 
Removendo as manchas
Ao pintar, sempre espirra um pouco de tinta sobre as mãos. Às vezes fica difícil remover essas manchas. Por isso, sempre passe um pouco de vaselina nas mãos antes de pintar. Depois você consegue limpar as mãos muito mais depressa. (mdb / Ktipp)
 
Sal no castiçal
Quem deixa a vela queimar até o fim, conhece o problema: fica acumulado dentro do suporte o resíduo da vela que é difícil de ser retirado. Podemos colocar um pouco de sal dentro do castiçal para evitar que a cera fique grudada — e o castiçal não é arranhado. (F. Hilfiker, Lenzburg)
 
Suco de limão em vez de leite
Para eliminar manchas de frutas nos tecidos é melhor usar suco de limão no lugar de leite quente. Pingamos algumas gotas de limão sobre a mancha recente e deixamos o suco penetrar. Depois lavamos a roupa normalmente. No tecido branco as manchas nem sempre desaparecem por completo. (K-Tipp).Também podemos esticar o tecido com um elástico sobre uma xícara e depois despejamos água fervente sobre o tecido. A mancha desaparece imediatamente, mas é preciso verificar antes se a água quente não prejudica o tecido.
(H. Hirsch, Winterthur)
 
Manteiga nos pés
Manchas de piche que grudaram nos pés durante o banho de mar ou na praia podem ser removidas facilmente da seguinte forma: esfregamos manteiga ou azeite sobre as manchas, esperamos alguns minutos e lavamos os pés. Se ainda ficaram resíduos, repetimos a aplicação.
 

**Dicas para saúde

Quando resfriado, use óculos
Muitas pessoas que usam lente de contato contraem uma conjuntivite quando estão resfriadas. Durante o resfriado, os germes conseguem entrar nos olhos através dos dutos lacrimais e aderem nas lentes de contato. Para não prejudicar os olhos, seria melhor que usassem óculos durante esse período.
(PulsTipp, março 2004)
 
Controle de piolhos
Uma receita considerada excelente por várias mães é deixar um maço de arruda em infusão em um litro de álcool até que a arruda fique esbranquiçada. Passamos nos cabelos, abafamos com touca por meia hora e lavamos em seguida, passando um pente fino. (Escola Aitiara, Botucatú)
 
Brincos
Na orelha encontramos todos os pontos de acupuntura do organismo. Como os brincos são de metal ou têm pino de metal, atuam sobre os pontos de acupuntura. Ao perfurar a orelha, muitas vezes, ferimos o ponto que corresponde ao olho, afetando a visão, exigindo, assim, o uso de óculos. (Erik John)
 
Zinco reduz o zumbido nos ouvidos
Pessoas com zumbido sentem melhora significativa quando tomam diariamente 50 mg de zinco como suplemento. Um estudo indicou que, no final de dois meses, 46% daqueles que tomavam zinco tinham melhorado, o que não ocorreu com aqueles que tomavam um placebo. (Otol Neurotol, 2003)
 
Desodorantes caseiros
Os desodorantes oferecidos no mercado contêm diversos produtos químicos prejudiciais à saúde (por exemplo, alumínio). É melhor utilizarmos um desodorante caseiro, como limão. Também podemos misturar álcool e água em partes iguais e juntar um pouco de bicarbonato de sódio. Outra opção é o Leite de Magnésia (hidróxido de magnésio), muito eficaz como desodorante.
 

**Pequenos reparos

O saca-rolhas e as buchas
É difícil tirar buchas antigas da parede com a mão ou com um alicate. Por isso, você pode girar a ponta de um saca-rolhas dentro da bucha. Agora você puxa e retira a bucha sem dificuldade.
 
Umidade no armário
Para combater a umidade no armário podemos usar um pedaço de carvão vegetal. Colocamos o pedaço em uma tigelinha de vidro no armário. O carvão atrai a umidade. (F. Greinert, Wuppertal)
 
Palito de fósforo
Quando o buraco do parafuso na madeira está gasto, colocamos um palito de fósforo embebido em cola. Deixamos a cola secar e depois, apertamos o parafuso, que volta a ficar firme. (D.Cavelti, Landquart)
 
Sabão no zíper
Às vezes, é muito difícil abrir e fechar um zíper. Podemos esfregar sabão, uma ponta de lápis ou uma vela sobre os dentes do zíper. O sabão, o grafite e a parafina são excelentes lubrificantes.
 
Elásticos no cabide
Vestidos de alças facilmente escorregam do cabide. Podemos evitar isso. Enrolamos um elástico — como aqueles usados no escritório — em cada extremidade do cabide ou então colamos nas extremidades do cabide um pedacinho de espuma.
 
Fio dental para botões
Constantemente perdemos botões porque o fio partiu. Para roupa branca existe uma solução: não costuramos o botão com linha comum, mas com fio dental fino.
 
Areia na tinta
Escadas cimentadas e pintadas podem ser muito escorregadias.
Misture, antes da pintura, a tinta com um pouquinho de areia.
Assim, a superfície se torna mais áspera e ninguém vai escorregar. (M.Geiser, Zürich)
 

**Para o dia-a-dia

Laranjas perfumadas
Espetamos cravos cobrindo toda a casca da laranja. Dependurando essa laranja, podemos sentir o perfume gostoso que exala. (Kathrin Rüegg)
 
As numerosas utilidades do vinagre orgânico
Usamos o vinagre como tempero em saladas e alimentos crus, bem como para conservar verduras. O vinagre ajuda a digestão e torna os alimentos mais saudáveis. Todos os tipos de vinagre matam germes e bactérias. Por esse motivo, devemos temperar a salada com vinagre e azeite em vez de maionese.
Entretanto, o vinagre é muito mais do que um ingrediente na cozinha. Ele tem poder curativo e serve até de cosmético.

O vinagre ativa a circulação do sangue, alisa a pele e mantém a sua proteção ácida.

Em caso de picadas de insetos, passamos um pouco de vinagre (não diluído) no local. Isso desinfeta, tira a dor e o inchaço.

Enxaguando o cabelo com vinagre de frutas, devolvemos o brilho ao cabelo.
(Ilse Auerswald — Natur und Heilen, julho de 2004)
 
Duas fórmulas para que as formigas passem longe de sua casa

A. Contra as formigas caseiras, polvilhamos bicarbonato de sódio. (Fonte: Nora Alemán)

B. Utilizamos com êxito o seguinte truque para espantar as formigas: seguimos o rastro ou a fileira até detectar o lugar mais próximo da sua entrada; delimitamos a passagem das formigas com um dente de alho (como se esfregássemos no pão). Não precisamos de uma quantidade muito grande; em sucessivas vezes, delimitamos cada vez mais o perímetro até localizar a entrada do formigueiro e fechá-la com algum material; também podemos utilizar cravo ou talco para interromper o rastro.(Bienvenido Prados. La Garrotxa, Girona)
 
Canela contra mosquitos
Para afugentar os mosquitos no lar, aconselhamos espalhar, ao redor da casa — salas, dormitórios, cozinha etc. —, saquinhos pequenos cheios de canela. Não falha!
(Carmen Soto. El Puerto de Sta. Maria)


Limão com cravo-da-índia. Proteção eficaz e cheirosa contra mosquitos.
Este método caseiro é tão eficaz como a espiral, sem produzir a fumaça desagradável.
É muito mais eficaz do que os protetores elétricos e as velas.
Existem diversos produtos domésticos (aerosol, spray, espiral para mosquitos e pastilhas para aparelhos elétricos) que põem em risco a saúde. Verifique a inscrição na embalagem que diz:
"Não deve ser inalado, ingerido ou absorvido pela pele".
Se o produto fica no ambiente a noite toda, como evitar sua inalação?



- Postado por: ©urtadozóio às 20h38
[ ] [ envie esta mensagem ]